Jovens Mulheres nas STEAM

De acordo com dados da UNESCO, estima-se que apenas 30% dos cientistas do mundo sejam mulheres. Essa realidade pode ser alterada se, desde o período escolar, jovens meninas sejam estimuladas a ter mais conhecimento sobre ciências exatas, engenharia e computação.

Em parceria com o Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável (CIEDS), a Fundação Toyota leva a metodologia STEAM (em inglês – Science, Technology, Engineering, Arts and Mathematics) a jovens mulheres da rede de ensino municipal do Ceará.

Além de fomentar o interesse das alunas por essas áreas, o Programa Jovens Mulheres nas STEAM busca romper paradigmas de que mulheres estariam mais aptas a carreiras voltadas para as ciências humanas, por meio da promoção de estratégias de igualdade de gênero e incentivo à representação feminina no mercado de trabalho tecnológico.

O “A” acrescido à sigla original vem de “Arte”,  já que o programa também trabalha o lado artístico das alunas, a partir do reaproveitamento de materiais que seriam descartados para complementar a construção de sistemas, automação, robótica, entre outros.

A ação, que terá início em 5 de abril de 2022 e previsão de término em julho do mesmo ano, vai beneficiar 50 alunas (cis e trans) da rede municipal de ensino do Vale do Caju, que fica na região metropolitana de Fortaleza (CE).

Ao final do curso, que será presencial, as alunas participarão de uma “ maratona tech”,  com exposição de protótipos produzidos pelo grupo, rodas de conversa, palestras e jogos didáticos e interativos.

O Programa Jovens Mulheres na STEAM também está conectado aos ODSs 4 (Educação de Qualidade), 9 (Indústria, Inovação e Infraestrutura),  10 (Redução das Desigualdades) e 11 (Cidades e Comunidades Sustentáveis).

Mulheres em Expressão

O empoderamento econômico de mulheres em situação de vulnerabilidade social ajuda a transformar suas realidades e de seus entornos e é um mecanismo de promoção da equidade de gênero.

A Associação Grupo de Apoio às Comunidades Carentes (AGACC), com apoio da Fundação Toyota, busca mudar a realidade de mulheres que vivem em comunidades vulneráveis da periferia, em Fortaleza (CE), por meio de qualificação e capacitação em costura, culinária básica e empreendedorismo.  A AGACC é uma ONG cearense que, desde 1985, potencializa o desenvolvimento socioeconômico em comunidades mais vulneráveis do Estado, tendo beneficiado mais de 65 mil pessoas.

Selecionado em 2021 no Edital Fundação Toyota, o programa tem foco na qualificação profissional de mulheres em situação de vulnerabilidade social por meio de oficinas de costura e culinária. As alunas selecionadas também receberão orientação sobre organização financeira e empreendedorismo. 

As alunas do projeto Mulheres em Expressão participarão de oficinas virtuais/presenciais que as ajudarão a desenvolver qualificação profissional, além de possibilitar sua inserção no mundo de trabalho e contribuir para a geração e ampliação da renda familiar.

A qualificação, que terá início em 23 de março de 2022 e previsão de encerramento em julho do mesmo ano, vai beneficiar 75 mulheres de Fortaleza. Ao final do curso as alunas, que desejarem empreender e iniciar seus negócios, receberão um kit, montado de acordo com a necessidade de cada uma, para ajudá-las a dar um pontapé inicial, aplicando de forma prática os ensinamentos do projeto.

O projeto Mulheres em Expressão também está conectado aos ODSs 1 (Erradicação da Pobreza), 4 (Educação de Qualidade), 8 (Trabalho Decente Crescimento Econômico) e 10 (Redução das Desigualdades).

 

Mulheres PRRONTO!

Profissionais mulheres representam menos de 10% da mão de obra na área de construção civil. Para contribuir com a mudança dessa realidade e promoção da equidade de gênero no setor, a Fundação Toyota do Brasil patrocina a nova turma do Mulheres Prronto!, curso de Elétrica Predial de Baixa Tensão. Voltado para mulheres que vivem em Barreiro, em Belo Horizonte (MG), região com grande situação de vulnerabilidade social.

Além da nova profissão, o programa busca desenvolver habilidades como empreendedorismo, trabalho em equipe e planejamento financeiro. Durante o curso, as alunas também receberão informações sobre a rede de enfrentamento à violência contra a mulher.

O curso se iniciou em 03 de março de 2022, terá três meses de duração e 160 horas de aula prática e teórica. As 20 alunas selecionadas receberão um kit para que possam aplicar os ensinamentos na prática. Ao fim do curso, as alunas estarão aptas a atuar na manutenção elétrica predial e, assim, gerar mais renda e qualidade de vida para si e/ou para suas famílias.

Metodologia

A abordagem do curso se baseia no “aprender para fazer”, isto é, em Metodologias Ativas, em que o aprendizado efetivo se dá apenas quando a aluna é responsável por sua experiência; ela é a protagonista, participando de forma dinâmica, interagindo com as colegas e  os professores. 

Impactos Positivos

Empoderamento Feminino: geração de trabalho e renda, além de preparação para o planejamento financeiro e de empreendedorismo.

Desenvolvimento de habilidades: possibilita melhor autoconhecimento das mulheres, contribuindo para elevar a autoestima e confiança, bem como as ajuda a estabelecer estratégias para alcançar a realização de outros projetos de vida;

Edital Fundação Toyota

O Mulheres Prronto! é um dos projetos selecionados no Edital Fundação Toyota, lançado em 2021, para apoiar o desenvolvimento de ações com grupos de diversidade e de grupos minorizados, promovendo conscientização e discussão de políticas públicas, educacionais e boas práticas. 

Além de estar conectado ao ODS 5, Alcance da igualdade de gênero e empoderamento das mulheres. a iniciativa dialoga também com quatro outros ODSs:

01 — Geração de renda que pode ou não ser complementar. 

04 — Educação inclusiva e equitativa promoção de oportunidade de aprendizado e de qualificação profissional; 

08 — Trabalho decente e crescimento econômico sustentável; 

10 — Redução das desigualdades.

Campanhas Solidárias

Em 2020, a Fundação Toyota do Brasil realizou doações e promoveu campanhas para combater a pandemia causada pelo novo coronavírus e auxiliar famílias em vulnerabilidade.

Saiba mais sobre as ações:

– Doação de quatro Hilux adaptadas para ambulâncias para as cidades de São Bernardo do Campo, Indaiatuba, Sorocaba e Porto Feliz (SP).

– Doação de 30 mil frascos de álcool gel para o Governo do Estado de São Paulo.

– Doação de 50 toneladas de alimentos para as famílias de maior vulnerabilidade social dos municípios onde a Toyota, instituidora da Fundação Toyota, mantém sua operação: São Bernardo do Campo, Indaiatuba, Sorocaba, Porto Feliz (SP) e Guaíba (RS) e comunidades onde a Fundação Toyota tem atuação o País.

– Com apoio da Uni Arte Costura e a ASCA, cooperativas de costureiras que têm parceria com a Toyota no Projeto ReTornar, foram confeccionadas mais de 8 mil máscaras de tecidos para atender as necessidades de Sorocaba e Indaiatuba (SP).

– Ajuda regional na Área de Proteção Ambiental (APA) Costa dos Corais: além da doação de alimentos e produtos de higiene para 460 famílias na Colônia de Pescadores de Tamandaré (PE), a Fundação Toyota, em parceria com O Pesca e Saúde e o Ircos realizou: produção de 20.000 máscaras laváveis, gerando proteção, emprego e renda para a comunidade local; adequação e uso das estruturas e instalações já existentes na Colônia de Pescadores Z-5 de Tamandaré para o processamento e para obtenção do Selo Municipal Sanitário; produção de um modelo para ser replicado em outras comunidades com o serviço delivery de peixe, fortalecendo a colônia e a pesca local; e capacitação dos pescadores com práticas de manipulação de alimentos no combate a COVID-19.

– Ajuda regional na Serra da Mantiqueira: o Projeto Águas da Mantiqueira, parceria entre a Fundação Toyota e a Fundepag, entregou 200 cestas básicas para as famílias do município de Santo Antônio do Pinhal (SP). Para a continuidade das atividades das Escolas Públicas do Ensino Fundamental de Santo Antônio do Pinhal, Sapucaí-Mirim (MG) e Gonçalves (MG), a entidade auxiliou na criação de três redes de comunicação a distância, com objetivo de estruturar o conjunto das atividades de educação (roteiros pedagógicos), que dão suporte aos alunos durante o período de aulas online. 

– Doação de 500 máscaras inclusivas (com transparência) para o Movimento das Mulheres Negras (Momunes) e Lar Casa Bela para ajudar na comunicação.

– Realização da Campanha do Agasalho: pela primeira vez, em 2020, a Campanha do Agasalho aconteceu por meio de doações financeiras. Com o valor arrecadado, a iniciativa entregou agasalhos e roupas de cama para entidades assistenciais que atendem crianças, adolescentes, adultos e idosos em situação de vulnerabilidade em Indaiatuba, São Bernardo do Campo, Sorocaba e Porto Feliz, cidades de São Paulo onde a Toyota possui unidades industriais, e para Guaíba, no Rio Grande do Sul, onde se localiza um centro de distribuição de veículos da montadora. 

A ação acontece todos os anos e faz parte do Desafio Solidário, projeto da Toyota do Brasil que promove iniciativas com focos sociais. Por conta da pandemia do novo coronavírus e para evitar a contaminação, a campanha de 2020 foi totalmente digital e a arrecadação em dinheiro feita por meio de transferência bancária, diferentemente das ações anteriores que foram arrecadados itens novos ou já usados.

STEM Brasil

O STEM Brasil é um programa de capacitação de alta qualidade com duração de dois anos para professores do ensino público. O programa possui abordagem prática baseada em técnicas inovadoras para elevar o nível do currículo de física, química, biologia e matemática com 304 atividades práticas e aplicáveis nos três níveis de ensino brasileiro (Ensino Fundamental I, Ensino Fundamental II e Ensino Médio). 

Cada atividade combina conteúdos curriculares da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) com competências e Habilidades do Século XXI. O objetivo é contribuir com a formação dos educadores dessas disciplinas para que preparem alunos de escolas públicas para a faculdade e uma carreira mais próspera.

Em parceria com a Educando, a Fundação Toyota do Brasil leva a metodologia STEM (em inglês – Science, Technology, Engineering and Mathematics) para as escolas públicas do estado do Amazonas. A ação, que será realizada até 2022, vai beneficiar quase 14 mil alunos de 18 municípios amazonenses, incluindo Manaus, Barreirinha, Borba, entre outros. 

Os resultados da metodologia aplicada são notáveis entre os alunos do ensino médio. Em escolas onde o STEM é aplicado constatou-se um aumento geral de 7% nas notas dos alunos nas quatro disciplinas, o número de alunos com aprendizagem considerada abaixo do básico em matemática caiu 17,7%, e entre as escolas participantes, a média geral em física passou de 6,9 para 7,9. A média no ENEM subiu 7 pontos em matemática e 19 pontos em Ciência da Natureza.

A formação de professores começou no fim de 2020 de forma online. Como a metodologia do STEM contempla um ciclo de dois anos de treinamento para os professores, quando acabar a pandemia, os encontros passarão a ser presenciais.

Projeto ReTornar

Não existe o conceito de lixo na natureza, tudo é reaproveitado em ciclos inteligentes e naturais! E foi pensando na transformação das pessoas e dos resíduos que nasceu o Projeto ReTornar em 2011. 

Hoje, diversos resíduos produzidos pela montadora, como: airbags, tecidos automotivos, uniformes e cintos de segurança, são destinados como matérias-primas para grupos de costura de Indaiatuba (Cooperativa Uni Arte Costura) e Sorocaba (Associação Social Comunidade de Amor – ASCA), gerando trabalho e renda para diversas famílias.

A Toyota doa esses resíduos e a Fundação Toyota do Brasil investe na qualificação do trabalho das costureiras e compra os produtos produzidos.

Impactos Positivos

Economia Circular: uso de resíduos como novas matérias-primas: airbag, cintos de segurança, tecido automotivo, caixas estofadas e uniformes ganham vida.

Gerenciamento de Resíduos: destinação inteligente de resíduos para reuso e upcycling, uma das alternativas para a Economia Circular.

Empoderamento Feminino: geração de trabalho, renda e aceleração de grupos comunitários de mulheres.

Ecologia Industrial: inclusão de fornecedores Toyota no projeto para aumentar e compartilhar o impacto positivo.

Consumo Consciente: produtos reinventados a partir de resíduos, feitos com mão de obra social, aproximando quem cria de quem consome em uma relação transparente, positiva e saudável.

Comprar na loja ReTornar

Dê brindes da linha ReTornar! Acesse o e-commerce do Projeto: https://www.projetoretornar.com.br/

Juntos, podemos promover a melhoria contínua e o cuidado com as pessoas para a criação de um mundo mais sustentável.

Mulheres na Conservação

O Mulheres na Conservação foi idealizado pela jornalista Paulina Chamorro e pelo fotógrafo João Marcos Rosa, lançado em janeiro de 2020 com o apoio da Fundação Toyota do Brasil.

A iniciativa multiplataforma conta a trajetória de pesquisadoras que se destacam pelo empenho e liderança em projetos de conservação ambiental no Brasil. Inclusive, muitas delas são responsáveis por salvar espécies ameaçadas de extinção!

A primeira temporada contou a história de Beatrice Padovani – bióloga marinha e pesquisadora do Projeto Meros do Brasil, Patrícia Médici – bióloga e pesquisadora de Antas, Karen Strier – antropóloga e coordenadora do Projeto Muriqui, Flávia Miranda – veterinária e coordenadora do Projeto Tamanduá, e Neiva Guedes – bióloga e pesquisadora do Projeto Arara Azul.

A segunda temporada foi lançada em dezembro de 2020 com Érica Pacífico – bióloga e coordenadora do Projeto Arara-azul-de-lear — Pesquisa e Conservação, e as próximas histórias serão disponibilizadas ao longo de 2021. Nos acompanhe nas redes sociais para saber mais!

Confira todos os conteúdos da iniciativa: podcasts no Spotify e reportagens no site da National Geographic e também no site do CicloVivo.

Projeto Vou de Canoa

O Projeto Vou de Canoa foi criado em 2020 pela Escola de Canoa Polinésia Itaipu Surf Hoe e conta com o apoio da Fundação Toyota do Brasil e da SGA Toyota. Realizado na Praia de Itaipu em Niterói (RJ), a iniciativa une educação, esporte e cultura para aproximar crianças e jovens do bioma onde vivem e mostrar a importância de conservá-lo. 

Além da parte prática, o conhecimento também é transmitido por meio de um acervo que conta com uma coleção inédita de amostras de areias de aproximadamente 200 praias de diversas regiões do mundo, uma coleção de conchas com mais de 50 espécies diferentes e uma coleção de remos e miniaturas de canoas tradicionais, como: a caiçara do Brasil, a polinésia, a viking dos países nórdicos e a canadense. 

No total, são oito horas de atividades teóricas e práticas que incluem: exposições, palestras, oficinas e a experiência de remar uma canoa polinésia.

Visitação

Voltado para atender estudantes do ensino público, o projeto Vou de Canoa também receberá agendamentos de escolas particulares e pessoas físicas. Os interessados devem entrar em contato pelo e-mail: projetovoudecanoa@gmail.com

Conheça mais sobre o projeto, acesse www.projetovoudecanoa.com.br

Projeto Expedição Pantanal

O Projeto Expedição Pantanal foi criado pelo Instituto Socioambiental da Bacia do Alto Paraguai SOS Pantanal com o apoio da Fundação Toyota do Brasil em 2011 e percorreu todo o Pantanal, mapeando as melhores práticas nas áreas de educação, saúde, turismo, meio ambiente e economia. 

A coleta de dados realizada ao longo da viagem orientou estratégias para a proteção deste ambiente e o diagnóstico de problemas socioambientais, que resultaram na elaboração de um guia de práticas sustentáveis, um documentário e um livro fotográfico sobre a região. 

Em 2019, a SOS Pantanal com o apoio da Fundação Toyota realizou uma nova edição da iniciativa. A Expedição Pantanal 2019 documentou as oportunidades de eco negócios na região da Bacia do Alto Paraguai, assim como os projetos de conservação da biodiversidade, ressaltando suas importâncias para o desenvolvimento econômico sustentável do bioma pantaneiro.

Projeto Toyota APA Costa dos Corais

Em 2011, a Fundação Toyota ampliou sua atuação para o Nordeste por meio de um novo projeto: o Toyota APA Costa dos Corais, uma cooperação entre a entidade, o ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade) e a Fundação SOS Mata Atlântica. Antes, também em parceria com a SOS Mata Atlântica, era realizado o Toyota e a Mata Atlântica, com ações de reflorestamento, proteção de áreas ameaçadas, educação ambiental e voluntariado.

O objetivo do Toyota APA Costa dos Corais é promover a conservação e sustentabilidade da Área de Proteção Ambiental (APA) Costa dos Corais para proteger os recifes de corais, as áreas de manguezais, toda a fauna e flora da região e também os ecossistemas associados ao peixe-boi-marinho – mamífero aquático mais ameaçado de extinção no Brasil.

A APA Costa dos Corais foi criada por Decreto Federal em 23 de outubro de 1997 e abrange nove municípios de Alagoas e três de Pernambuco, na costa litorânea entre os municípios de Tamandaré (PE) e Paripueira (AL). É uma das regiões mais belas do nosso país e possui mais de 406 mil hectares de área protegida que abriga um dos ambientes recifais mais importantes do mundo!

Fundo de Perpetuidade

Uma das prioridades do projeto é a criação e manutenção de um fundo de investimento para garantir a perpetuidade no apoio à gestão, proteção e sustentabilidade da APA. Desde 2011, a Fundação Toyota do Brasil faz aportes anuais para garantir o crescimento constante dos recursos do fundo até 2021.

Para cumprir a meta, o fundo só poderá ser utilizado após adquirir capacidade de gerar, com seus rendimentos, os recursos necessários para a manutenção das atividades previstas no Plano de Trabalho da iniciativa.

Gestão Ambiental

Ao apoiar e investir em projetos e organizações já existentes que atuam na gestão ambiental da Costa dos Corais, a Fundação Toyota do Brasil vai assegurar a integridade da região.

Entre as atividades já mapeadas e passíveis de apoio estão: a realização de estudos científicos, suporte logístico e de infraestrutura para fiscalização, realização de monitoramentos visando avaliar a efetividade das ações de conservação, produção e execução de campanhas de educação ambiental e a promoção de negócios que conciliam  a sustentabilidade e a geração de renda para as comunidades locais.

Plano de Manejo

Outra importante ação do projeto é a implementação do Plano de Manejo da APA Costa dos Corais pelo ICMBio – órgão ambiental do governo brasileiro responsável por implantar, gerir e monitorar as Unidades de Conservação Federais.

O investimento da Fundação Toyota do Brasil auxilia na manutenção dos ativos da APA, como: as bases operacionais, veículos, equipamentos de fiscalização e barcos. Além disso, também estimula as pesquisas científicas pelas universidades e instituições locais, ampliação das áreas de exclusão de pesca (essenciais para a recuperação da biodiversidade), estruturação do turismo de baixo impacto, preparação e engajamento de representantes locais como agentes ambientais remunerados e valorização das manifestações culturais – contribuindo para o resgate da cultura regional.

Como elemento fundamental do Plano de Manejo, os 12 municípios inseridos na APA Costa dos Corais participarão de programas de educação ambiental e de comunicação social, com a finalidade de empoderar os indivíduos e a divulgação dos princípios de utilização consciente da área, para que tanto a população local quanto os turistas se sintam co-responsáveis pelo trabalho de sustentabilidade.