Projeto ReTornar, da Fundação Toyota do Brasil, ganha e-commerce e inicia venda no varejo

Releases | Sustentabilidade | ReTornar
08.03.21
  • O ReTornar é um exemplo de Upcycling, que transforma resíduos da indústria automotiva em novos produtos, como mochilas e bolsas;
  • Nascido em 2011, esta é a primeira vez que o projeto comercializa seus produtos diretamente para pessoas físicas;
  • Toda a renda dos produtos vendidos é destinada e distribuída entre as duas cooperativas.

A partir de março, o projeto ReTornar, da Fundação Toyota, inicia a operação do seu e-commerce – www.projetoretornar.com.br –, e passa a comercializar os produtos diretamente para pessoas físicas, em todo o país.

O ReTornar nasceu em 2011, por iniciativa da Toyota do Brasil, com o objetivo de contribuir com a formação de cidadãos por meio da reutilização de materiais e, consequentemente, gerando menos impacto ambiental com a produção industrial. Assim, o projeto transforma os resíduos da indústria automotiva, como airbags, tecidos automotivos, uniformes e cintos de segurança, em mochilas, ecobags, carteiras e necessaires, entre outros itens. Em 2020, o projeto foi incorporado à Fundação Toyota do Brasil.

Para a produção dos itens vendidos na loja virtual, a Fundação Toyota apoia duas cooperativas de costureiras: a Cooperativa Uni Arte Costura, de Indaiatuba-SP, e a ASCA – Associação Social Comunidade de Amor, em Sorocaba-SP, onde as costureiras transformam a matéria-prima em novos produtos, promovendo, dessa forma, o desenvolvimento pessoal, empoderamento e espírito colaborativo das pessoas envolvidas no projeto. Toda a renda dos produtos vendidos é destinada e distribuída entre as duas cooperativas.

Com o e-commerce, o projeto Retornar também inicia as vendas diretamente no varejo – até 2020, a comercialização era feita somente para empresas, em forma de brinde corporativo. “A abertura das vendas no varejo para pessoas físicas é um marco para o projeto, pois amplia sua atuação, viabiliza maior autonomia do negócio para as costureiras, além de inseri-las em um ambiente digital”, comenta Otacílio do Nascimento, Diretor Executivo da Fundação Toyota do Brasil. “Além disso, possibilita o aumento da renda destas profissionais, o que é muito importante, considerando o momento de pandemia que vivemos”, complementa.

O ReTornar é um exemplo de Upcycling de sucesso, pois reduz a geração de resíduo industrial e cria possibilidade de capacitação e renda para grupos comunitários de mulheres. Os produtos reinventados a partir dos materiais, feitos com mão de obra social, aproximam quem cria de quem consome em uma relação transparente, positiva e saudável. Desde sua criação, o ReTornar já reutilizou mais de 6 toneladas de resíduos que se transformaram em mais de 77 mil produtos, impactando positivamente de forma direta ou indireta mais de 1.000 pessoas. 

Sobre a Fundação Toyota do Brasil

Há 11 anos, a Fundação Toyota do Brasil foi criada para atuar na conservação do meio ambiente e na formação de cidadãos. No Pantanal, além do Projeto Arara Azul, que tirou a espécie da lista brasileira de animais ameaçados de extinção, a Fundação Toyota do Brasil patrocina, desde 2011, a iniciativa Expedição Pantanal. No mesmo ano, a entidade deu início ao Toyota APA Costa dos Corais, em parceria com a Fundação SOS Mata Atlântica e o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), do governo federal.

No Sudeste, a entidade desenvolve o Águas da Mantiqueira, uma pesquisa de conservação da biodiversidade como foco no uso ordenado de bacias hidrográficas da Serra da Mantiqueira. Em 2020, o Vou de Canoa, ação de educação ambiental com jovens de Niterói, foi o responsável pela estreia da instituição no estado do Rio de Janeiro. E em Sorocaba e Indaiatuba, o ReTornar nasceu a partir da necessidade de dar novos destinos à resíduos, além de gerar impacto social e econômico positivo na comunidade. A ação utiliza o conceito do upcycling: reduzindo, reutilizando, recuperando e reciclando com criatividade.

Na área da comunicação, a Fundação Toyota apoia o projeto Mulheres na Conservação, que dá visibilidade a pesquisadoras na área da ciência.

Seguindo seu pilar estatutário, em 2021, a Fundação Toyota começa o patrocínio do STEM Brasil com o objetivo de capacitar professores nas áreas de física, química, biologia e matemática.

O Projeto ReTornar colabora diretamente e indiretamente para os seguintes Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas:

Erradicação da Pobreza
Igualdade de gênero
Trabalho decente e crescimento aconômico
Cidades e comunidades sustentáveis
Consumo e produção responsáveis

Você também pode se interessar por:

Faça Parte Do #MundoFTB

Nós acreditamos nas parcerias e na força das pessoas. Vem com a gente em busca de promover um mundo melhor! Juntos, fazemos a diferença!

Uma mulher de cabelos castanhos e encaracolados, sorri e usa uma camiseta verde.

Vamos juntos!

Três pessoas segurando uma muda de planta

Apoie nossas causas!